sexta-feira, 4 de maio de 2018

Seres humanos são alienígenas híbridos criados por antigos astronautas das Plêiades

Os seres humanos foram geneticamente modificados por alienígenas avançados, de acordo com uma nova teoria escrita em um novo livro. 


Os antigos astronautas viajaram através de um "buraco de minhoca" no aglomerado estelar das Plêiades, mas não conseguiram sobreviver na Terra, afirma-se. 

Os alienígenas decidiram, em vez disso, "alterar a constituição genética" dos ancestrais humanos primitivos para que se tornassem mais inteligentes. 

A prova está na fusão do cromossomo 2 há cerca de 780 mil anos, baseada no livro Human Hybrids, escrito por Daniella Fenton. 

O cromossomo 2 é encontrado em todos os humanos com cérebro grande, incluindo neandertais e denisovanos, mas não em outras espécies de primatas.

Fenton aponta como várias culturas se referiram repetidamente às Plêiades. 

Ela disse: "Em todo o mundo, culturas antigas falam de seres ancestrais das Plêiades e portais que ligam essas estrelas com este planeta, o que inclui mitologia no Japão, Indonésia, México, índios americanos, antigo Egito, Suméria e Austrália aborígene " 

Wilfred Buck, um educador de ciências da Nação Cree Opaskwayak, em Manitoba, Canadá, disse que as Plêiades são a conexão do nosso planeta com o cosmos. 

"Originário das estrelas, somos estrelas", disse Buck. 

"Quando terminarmos de fazer o que estamos aqui para fazer, voltaremos para as estrelas."