sexta-feira, 1 de junho de 2018

6 sinais de que tua alma é uma alma antiga: O #6 é fundamental!

Sentes-te mais velho do que aquilo que és, talvez a tua alma já tenha vivido antes.

És uma alma velha ou jovem? Para responderes a esta pergunta, a tua idade biológica é irrelevante, pois não importa se tens 20 ou 70 anos, a tua alma já pode ter mais de 100 anos, caso já tenha vivido antes. Assumindo, é claro que acreditas em renascimento, como podes então reconhecer que é uma alma velha?

Aqui estão 6 sinais:

1) Não dás tanto valor a coisas materiais

Enquanto as outras pessoas da tua idade acham que a felicidade está no tamanho da conta bancária, tu quase não dás valor a isso. Sabes que jamais encontrarás a felicidade verdadeira em consumo ou no dinheiro. Para ti, há coisas mais importantes na vida. Enquanto isso, um pôr do sol bonito ou uma palavra gentil de quem tu gostas são a chave para te fazer sorrir. Coisas não-materiais, como saúde, amor e gratidão são as tuas fontes de alegria.

2) Precisas de muito tempo para ti mesmo

Ires todos os fins-de-semana a uma bar? De maneira alguma! Precisas de muito tempo sozinho. Por isso, precisas tomar cuidado para não acabares te distanciando dos outros. Não te divertes tanto com as actividades das pessoas da mesma idade. Costumas te cercar de pessoas mais velhas, uma vez que as compreendes melhor. Elas, ao contrário das pessoas da tua idade, têm interesses mútuos, como literatura e história da arte.

3) Estás ciente da efemeridade da vida

Sabes que não ficarás neste mundo para sempre. Como alma velha, sabes que também não é a primeira vez que estás vivendo. Por isso, sabes que a vida é um presente precioso. Agradeces por cada novo dia na Terra. Como almas velhas têm noção da transitoriedade da vida, elas também são mais ansiosas. És, portanto, mais cauteloso e evitas riscos o máximo possível. Ousar algo novo não é um dos teus pontos fortes.

4) És muito sensível

Maldição e bênção ao mesmo tempo: pessoas altamente sensíveis são capazes de ter mais empatia pelos outros. Se alguém te diz que estás bem, mesmo que isso não seja verdade, percebes imediatamente. A tua alta inteligência emocional torna-te muito popular com teus semelhantes, pois eles sentem-se compreendidos por ti. És geralmente um bom ouvinte. No entanto, deves ter o cuidado de prestar atenção aos teus limites e ficares de olho no teu próprio bem-estar. Assim, a tua sensibilidade pode ser um verdadeiro tesouro para ti e para os outros.

5) Destacas-te na multidão

Enquanto os outros seguem as tendências da moda, tu mantens-te fiel ao teu estilo. Se as tuas roupas acabarem virando fashion, colocas outra coisa. Nada é pior para ti do que seres “normal”. Queres destacar-te na multidão e não só na moda: és fiel a ti mesmo e nadas contra a corrente. O que os outros pensam não te interessa. Almas velhas sabem que a busca por reconhecimento não as faz felizes.

6) Sentes-te velho

De alguma forma, sentes-te sempre mais velho do que realmente és. Falta-te leveza e curiosidade. Em vez disso, és mais desconfiado, e a tua fadiga mental faz-te parecer indiferente para as outras pessoas. Deves, portanto, sorrir e abordar mais os outros, para que eles não se afastem muito de ti.

Almas antigas são geralmente muito espirituais e gostam de lidar com o sobrenatural. Por outro lado, as almas jovens são mais orientadas para as normas e valores sociais, bem como tendências e tópicos actuais. Além disso, são bastante extrovertidos, curiosos e dispostos a correr riscos. Pode-se, portanto, assumir que a maioria das pessoas são almas jovens.