quinta-feira, 7 de junho de 2018

Mãe de Cristiano Ronaldo revela que pensou em abortar, mas "Deus não permitiu"

A mãe de Cristiano Ronaldo se manifestou contra o aborto , depois de revelar que fez de tudo para abortar seu filho, quando engravidou há 33 anos, mas assegurou que Deus não permitiu . 

Dolores Aveiro lançou um livro, onde conta a sua história e todas as dificuldades que teve quando teve que enfrentar a sua quarta gravidez . 

Uma das razões que levou a Dolores a tentar interromper a gravidez, segundo ela, teria sido a vida precária que conviveu com a família. Além disso, o pai do jogador de futebol estava sempre ausente e tinha sériosproblemas com o alcoolismo . Naquela época, a mãe de Cristiano tinha 30 anos. 

"Eu já tinha três filhos e o quarto que veio não queria tê-lo, então fiz tudo para abortar .. Aquele bebê era Cristiano Ronaldo, eu não tinha condições econômicas para poder criar outro filho, foi Deus quem permitiu o gravidez vá em frente ", disse ele. 

"Meu livro é uma mensagem para todas as mulheres, não para pensar no aborto como uma saída , mas para lutar para ter seus filhos", revelou ele durante uma entrevista. 

A mãe do jogador tentou métodos diferentes , mas todos falharam. Finalmente ele foi ao médico, que o aconselhou a não fazer isso. "O médico me disse que este bebê me daria muita alegria", disse Maria, acrescentando: " Eu estava convencido de que eu era o filho que Deus me deu e eu tive que recebê-lo." 

Hoje, Cristiano é um dos seus maiores orgulhos . "Estou feliz por não ter feito um aborto porque ele era uma estrela que iluminou nossas vidas", disse ele. 

"É por isso que quero aconselhar as mulheres a não fazer isso, porque você nunca conhece o filho que vai ter, acho que sou a 'mulher de coragem' e quero dizer a todas as mulheres que lutem, as coisas mais valiosas que temos na vida eles são nossos filhos ", concluiu.