quinta-feira, 14 de junho de 2018

Papa Francisco diz ao homem gay: "Deus te fez assim e te ama assim"

O Papa Francisco a um homem que foi abusado sexualmente por um padre , que Deus o fez gay e que a sua orientação sexual "não importa", de acordo com a história do homem. 


Juan Carlos Cruz, principal denunciante do abuso sexual e escândalo de acobertamento no Chile , passou três dias com Francisco no Vaticano , onde falou sobre sua sexualidade e o abuso que sofreu. 
"O Papa me disse:" Juan Carlos, não importa se você é gay . Deus te fez assim e ele te ama assim e eu não me importo ", disse Cruz ao jornal espanhol El País sobre sua conversa particular . 

" O Papa te ama assim. Você tem que ser feliz com o que você é , "disse Cruz, que disse ter sido abusado pelo padre Fernando Karadima, hoje com 87 anos. 

Para" The Guardian "Este comentário é um dos mais surpreendente sobre a homossexualidade pronunciou o líder da Igreja Católica romana. 

o Vaticano se recusou a confirmar ou negar os comentários, mantendo a sua política de não comentar sobre as conversas privadas do Papa. 

os ensinamentos da igreja pedindo que gays e lésbicas são respeitados e amados , mas considera a atividade homossexual como "intrinsecamente perturbado". No entanto, Francisco tem procurado tornar a Igreja Católicaser um lugar mais acolhedor para os gays, e um de seus comentários mais famosos foi feito em 2013: "Quem sou eu para julgar?". 

O Papa também falou de seu próprio ministério para os gays e transexuais, insistindo que eles são filhos de Deus, amados por Deus e merecedores do acompanhamento da Igreja. 

Como resultado, alguns tentaram minimizar os comentários e os consideraram como uma simples ratificação da atitude pastoral de Francisco. 

Além disso, não faz muito tempo houve um tempo em que a Igreja Católica ensinou oficialmente que a orientação sexual não era algo que as pessoas pudessem escolher, e que isso implicava que era como Deus as criou.