quinta-feira, 14 de junho de 2018

Trump perdoa crimes de mulher que estava presa e ela diz: "Eu ressuscitei dos mortos"

Uma mulher de 63 anos agradeceu a Deus por ter sido libertado da prisão, depois que o presidente Donald Trump concedeu-lhe um perdão. " Eu ressuscitei dos mortos ", disse ela. 

Alice Marie Johnson foi condenada a prisão perpétua por envolvimento em crimes relacionados à venda de drogas . Depois de 22 anos de prisão, ela recebeu o perdão presidencial e foi libertada. 

Na prisão, ela deu sua vida a Cristo e mais tarde se tornou um pastor . Nas primeiras entrevistas que ela deu na porta da cadeia, ela gritou "Aleluia" e disse: " Eu sinto que minha vida começa de novo" .

O caso de Johnson foi revisto por Trump, que concedeu-lhe perdão judicial , porque mesmo que ela foi a primeira vez que ela cometeu esse crime, ela foi condenada à prisão perpétua . 
Em 1996, ela passou por problemas financeiros quando se envolveu com uma rede de traficantes . Ele acabou envolvido em oito acusações criminais relacionadas ao tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro . 

A ex-detenta, enviou uma mensagem ao Trump: "Eu vou fazer você se sentir orgulhoso de ter sabido que . Second chance na vida alguém finalmente me ouviu, alguém tinha . Piedade de mim . Essa pessoa era presidente Trump Estou muito grato pelo que Ele fez " , e acrescentou:"Tenho ressuscitado dentre os mortos . " Ela também agradeceu a modelo Kim Kardashian, que pagou todos os seus custos legais e assumiu pessoalmente a ordem para a sua libertação para Trump." Eu sei que foi um milagre. Eu sei que só Deus poderia tocar o coração de Kim , "disse ele. 

O pastor lembrou que durante o tempo em que permaneceu presa, teve um comportamento exemplar, sem qualquer reprimenda em seu arquivo." Eu não sou uma ameaça à sociedade , "disse ela . Durante seu tempo na prisão, diz ela, aconselhou muitas mulheres mais jovens .