quinta-feira, 6 de setembro de 2018

9 Truques incríveis para economizar gasolina que provavelmente você não conhecia

O preço do combustível aumentou outra vez esta semana. Se não pode fazer nada para o baixar, o melhor é mesmo poupar.

Mais uma semana consecutiva, o preço dos combustíveis vai aumentar. A partir desta segunda-feira, tanto a gasolina como o gasóleo aumentam cerca de 1 cêntimo por litro.

A história de terror não termina aqui: Nosso pais é um dos países com um dos mais altos impostos sobre produtos petrolíferos. Do valor pago para atestar o depósito, cerca de 60% corresponde a este imposto. 

Toda a gente está furiosa e estes números levaram já a uma paralisação do sector dos camionista a vários protestos por todo o País.

Perante tudo isto, o que é que podes fazer? Protestar é uma hipótese, mas isso não te dá quaisquer garantias. A verdade é que este é o momento certo para mudar de hábitos, e eles podem muito bem ajudá-lo a poupar dezenas de euros em combustível ao final do mês.

Seja a desfazer mitos como os de que deve fazer as descidas em ponto morto, ou a ensiná-lo a estacionar sem carregar no acelerador, reuniu-mos alguns dos truques que podes começar já a adoptar na tua condução. Tudo para que, no final do dia, os consumos sejam bem mais baixos do que o normal.

Conduz suave, suavemente

Seja porque estás atrasado para um compromisso ou simplesmente porque a rádio decidiu começar a tocar a “Firestarter” dos Prodigy, é difícil resistir a carregar a fundo no acelerador. Só que esse é um dos maiores inimigos do depósito. É um cliché, mas é verdade: uma condução suave ajuda-o a poupar muitos euros. Dá apenas pequenos toques no pedal. E se tiveres que fazer uma viagem mais longa e o teu carro tiver a funcionalidade, activa o cruise control.

Se o mestre do trânsito

O trânsito: o inimigo número um da sanidade mental de qualquer condutor e, valha a verdade, da carteira. Evitar ficar preso em filas intermináveis é uma das chaves para a poupança de dinheiro e de tempo, e nesse sentido, não há melhor opção do que o Waze. A aplicação da Google funciona como uma rede social, onde os utilizadores registados vão dando informações sobre o estado do trânsito. A partir daí, o sistema automaticamente recomenda não o trajecto mais curto, mas o que tem menos congestionamento. A volta pode ser maior, mas a seca não.

A caixa de velocidades não engana

Sempre que possível, mete a mudança seguinte antes de atingir as duas mil rotações. Outra dica: se arrancares numa descida, deixe o carro ganhar alguma velocidade e meta logo a segunda.

Em rectas planas, podes mesmo meter a quinta ou sexta sem acelerar, que o gasto vai ser zero. O motor vai soltar-se e a poupança sobe.

Evita parar no trânsito

O pára-arranca é um pesadelo para a paciência e para o consumo. Em vez de arrancares assim que o carro da frente se mexe para, inevitavelmente, teres que parar poucos metros à frente, dá o máximo de distância possível para quem vai à tua frente.

Quando tiveres espaço para avançar, mete a primeira e de forma lenta a segunda, isto para que ponhas o carro em andamento sem teres de o parar completamente.

Estacionar com a embraiagem

É um pequeno pormenor que pode fazer toda a diferença. Sempre que estacionas num sítio plano, carregas no acelerador ou usas apenas a embraiagem? Se fazes parte dos que aceleram, talvez esteja na altura de mudares de hábitos. Ao fazeres a manobra apenas soltando o pedal da embraiagem estás a poupar combustível. E não, a manobra não se torna mais difícil.

Verifica a pressão dos pneus

Quando os instrutores insistem que deves sempre verificar a pressão dos pneus, não é apenas para te chatearem. Deves mesmo fazer a verificação pelo menos uma vez por mês. Além de ser perigoso circular com os pneus com pressão inferior ao recomendado, pode aumentar o consumo em cerca de 2%.

Verifica sempre os preços

Para que não andes desesperado à procura de um posto ou para evitares abastecer numa gasolineira ridiculamente cara, há uma coisa chamada Internet que podes e deves usar. Além disso, há também aplicações como a VivaGas ou a Mais Gasolina que te podem ajudar a fazer escolhas mais sensatas.

As duas aplicações comparam todos os preços dos postos à tua volta para te recomendarem quais são os mais baratos.

Faz sempre um plano do trajecto

Seja a ires para o trabalho, ginásio ou mesmo numa escapadela de fim de semana, quanto mais planeado for o teu trajecto, melhor. Além de poderes escolher o caminho mais curto e com menos trânsito, evitas andar às voltas à procura do destino.

Corte de alimentação

Vamos desfazer um dos maiores e mais perigosos mitos da condução: colocar o carro em ponto morto nas descidas não te vai ajudar a poupar gasolina. Na verdade, é precisamente o contrário, além de ser perigoso.

Os veículos mais modernos possuem um sistema que corta a alimentação do combustível quando detectam que o motor está acima das 1.100 rotações e que não tem o pé no acelerador. Na prática, isto significa que ao descer, podes ir em terceira ou quarta, sem carregares no pedal. Sem gastar nada.