sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Carta escrita por freira possuída há mais de 300 anos é finalmente decodificada!

Depois de 300 anos, uma carta escrita em código por uma freira "possuída pelo demônio " foi finalmente traduzida.


A carta foi descoberta em um convento na Sicília, onde a freira vive desde os 15 anos, segundo um relatório do Metro.

Irmã Maria Crocifissa della Concezione acreditava que o diabo estava tentando fazê-la servir ao mal e usou a mão para escrever a mensagem em 1676.

Nela, ela descreveu Jesus e Deus como "pesos mortos", afirmou o Metro .

Concezione escreveu que os humanos inventaram Deus e "este sistema não funciona para ninguém".

"Deus acha que pode libertar os mortais", escreve ela. "Talvez agora, Styx é certo", diz referindo-se ao rio do submundo.

Concezione afirma não ter lembrança de ter escrito a carta. Ela costumava gritar e desmaiar no altar do convento de Palma di Montechiaro.

Palma di Montechiaro, na Sicília. (Foto: Wikipedia)

A carta foi traduzida por cientistas do Ludum Science Center, em Catania, usando software de serviços de inteligência para quebrar códigos.

Para chegar a frases decifráveis, o software passou pelos alfabetos latino, grego antigo e árabe.

Mesmo que a letra inteira não pudesse ser traduzida, o que foi decodificado revelou que o conteúdo tem uma natureza sombria.

A freira estava verdadeiramente possuída? "Eu pessoalmente acredito que a freira tinha um bom domínio das línguas, o que lhe permitiu inventar o código, e pode ter sofrido de uma condição como a esquizofrenia, que a fez imaginar diálogos com o Diabo", disse o diretor do centro Daniele Abate. The time.

Abate também revelou desde as revelações da carta, muitos satanistas têm tentado entrar em contato com o centro.