segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Facebook do teórico da conspiração Alex Jones é excluido por ''discurso de ódio''

O teórico da conspiração dos EUA Alex Jones foi banido do Facebook por bullying e discurso de ódio e está perto de ter páginas ligadas a ele e seu site Infowars removidos da plataforma, disse a rede social na sexta-feira. 

O perfil pessoal do apresentador de rádio foi banido por 30 dias depois que foi descoberto que ele enviou quatro vídeos publicados em páginas mantidas por Jones e Infowars, o que contraria os padrões da comunidade, segundo o Facebook. 

Os vídeos foram removidos e as páginas de Infowars e Jones "estão perto de serem banidas, dadas as recentes violações dos padrões da comunidade", disse o Facebook em um comunicado.

As remoções de conteúdo contam como "avisos" contra páginas individuais. As páginas mantidas por Jones e Infowars permaneceram ativas porque não cruzaram "um certo limiar de greves" necessárias para serem inéditas, disse o Facebook. 

O YouTube removeu quatro vídeos de Alex Jones no início desta semana e disse que o site Infowars de Jones enfrentou uma remoção permanente se seu conteúdo receber três ataques da comunidade dentro de 90 dias. 

"Nossos padrões da comunidade deixam claro que proibimos conteúdo que encoraje danos físicos ou atinja alguém com base em sua afiliação religiosa ou identidade de gênero [discurso de ódio]", disse o Facebook. "Nós removemos conteúdo que viola nossos padrões assim que tomamos conhecimento dele.

Infowars não respondeu a um pedido de comentário. Jones defendeu os vídeos no Twitter como "críticos do liberalismo". 

Desde a fundação da Infowars em 1999, Jones construiu uma vasta audiência. Entre as teorias que ele promoveu é que os ataques de 11 de setembro de 2001 em Nova York e Washington foram encenados pelo governo. 

A suspensão do Facebook significa que Jones não pode postar em seu perfil pessoal ou em suas páginas e não pode enviar mensagens, comentar ou postar em qualquer outro lugar no Facebook. Outras pessoas são notificadas de que ele está proibido, disse a empresa.