segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Padre ucraniano limpa cidade com água benta após desfile LGBT

Um padre ortodoxo usou água benta nas ruas da Ucrânia para limpar a cidade depois da parada do orgulho LGBT.

Não há nada particularmente incomum sobre as paradas de orgulho LGBT, porque elas acontecem em quase todas as cidades do mundo hoje em dia. Houve recentemente um desfile como este em Odessa, na Ucrânia, que acabou por ser incomum, além de ser digno de nota, não devido ao desfile em si, mas pelo que aconteceu depois.

Após a parada LGBT, um padre ortodoxo decidiu que a cidade precisava ser limpa. Não se sabe exatamente o que o padre pensava ter acontecido com a cidade, mas ele achava que era um caso para sair espalhando água benta por aí.

Grupo Purifica Pessoas, Estradas e Calçadas com Polvilhar de Água Benta

Responsável pela limpeza em Odessa foi o pe. Oleg Mokryak, chefe do Departamento Missionário da Diocese Ortodoxa Oriental de Odessa. Ele não estava sozinho na busca pela limpeza da cidade enquanto um grupo de leigos viajava com ele.

O grupo andou por aí distribuindo a água benta em todas as partes da cidade enquanto caminhava, incluindo as estradas, pessoas e monumentos. Quando perguntados pelos transeuntes o que eles estavam fazendo, eles tiveram a audácia de dizer às pessoas que estavam limpando a cidade, já que havia uma parada LGBT passando por ela.

A água benta é popularmente conhecida por afastar demonios

Os cristãos são conhecidos por usar água benta também para purificá-la e a classificaram como um poderoso sacramento. Santa Teresa disse:

"De longa experiência, aprendi que não há nada como a água benta para pôr os demônios em fuga."

Portanto, parece que os sacerdotes e amigos ortodoxos achavam que os membros do orgulho LGBT eram o diabo, por isso, ao espalhar a água benta, os demônios seriam postos em fuga.