segunda-feira, 22 de outubro de 2018

ALERTA: Sinais que a bateria do seu celular dá antes de explodir!

Nas últimas décadas, os telemóveis tornaram-se gradualmente nossos parceiros de vida e insubstituíveis, que não apenas nos ajudam em nossas tarefas diárias, mas também substituem a socialização.

Muitas vezes, no entanto, esquecemos que são dispositivos muito poderosos, que precisam de muita energia para executar suas funções complexas. De onde vem essa energia? Obviamente, de uma bateria igualmente poderosa, e é precisamente nisso que queremos nos concentrar:

aqui estão 6 coisas que não deves fazer se não quiseres que a bateria se torne um perigo para ti e para os outros.

1 – Desportos com o telefone no bolso.

Correr ou andar de bicicleta pode ser uma acção perigosa e deve ser evitada. Não só o telefone tende a super-aquecer, mas no caso de uma queda pode deformar e inflamar.

2 – Trocar a bateria em revendedores não autorizados.

Todo mundo tem dito isso há muito tempo, mas há aqueles que ainda insistem em fazê-lo, com consequências que conhecemos bem. A bateria é um componente muito delicado e, por isso, pode custar caro. 

3 – Usar um carregador não original.

Nós sabemos que a tentação é grande. Em vez de gastar muito dinheiro com um carregador original, centenas de imitações são encontradas a um preço ridiculamente baixo. Não apenas danificam a bateria, mas também em sério risco de incêndio.

4 – Atirar o telemóvel contra uma superfície dura.

Tendo o telemóvel sempre na mão, pode acontecer de descarregar a nossa raiva nele. Aconteceu com um passageiro no aeroporto Ataturk de Istambul que, no auge de uma discussão, atirou o aparelho ao chão: ocorreu uma explosão que causou muito medo e vários desconfortos.

 5 – Falar ao telefone enquanto estiver carregando.

Embora a tecnologia dos smartphones esteja avançando dia a dia, já aconteceu com muitas pessoas de o telemóvel pegar fogo enquanto falavam e ao mesmo tempo estava carregando. Em caso de dúvida, se for forçado, use os phones de ouvido!

 6 – Ignorar os sinais que o telefone nos envia.

Uma bateria que descarrega rapidamente pode indicar um mau funcionamento. A solução não é carregá-lo com mais frequência – ou pior, durante toda a noite -, mas ir ao centro de assistência.