terça-feira, 2 de outubro de 2018

Feminista se vinga de assediadores no metro jogando água sanitária em suas virilhas

Manspreading é uma frase dada aos homens que dizem participar do ato repugnante de demonstrar sua "masculinidade alfa" nos metrôs.


Esta é a definição do termo usado por Anna Dovgalyuk, uma estudante de direito e ativista feminista da Rússia. O modo como os homens devem demonstrar sua masculinidade alfa não foi esclarecido. 

Uma pesquisa na internet dá a definição de um homem que abre as pernas e invade um assento adjacente. No entanto, a feminista tomou as coisas em suas mãos quando ela começou a derramar água sanitária nas virilhas de homens que ela acusou de fazer cara feia.

Transporte Público de Passageiros

Dovgalyuk fez uma mistura de água e água sanitária em uma garrafa antes de levá-la com ela nos metrôs em que viajava. Ela então despejou a solução nas virilhas dos homens usando o metrô de São Petersburgo.

A feminista foi vista derramando a água sanitária nas virilhas de cerca de 60 homens no metrô, que ela acusou do ato. Muitos dos homens não podiam nem reagir ao que ela tinha feito devido ao fato de terem ficado atordoados e sem palavras. Alguns dos homens fizeram tentativas de confrontar Dovgalyuk sobre suas ações.

Dovgalyuk disse que a manspreading era um

"ato repugnante que está sendo travado em todo o mundo. Este é o meu novo manifesto em vídeo, dedicado ao problema da interpretação do homem."

Confira o vídeo: