quarta-feira, 28 de novembro de 2018

"Tempestade Solar devastadora poderá causar apagão no mundo todo" Alerta agência do governo britânico

A agência do governo britânico Met Office está alertando o governo do país que "tempestades solares" podem destruir toda a infraestrutura elétrica do país e metade do mundo. As usinas nucleares estão ameaçadas pela GAU.

Tempestades espaciais tempestades geomagnéticas

Uma "tempestade espacial" ou "tempestade solar" poderia destruir a infra-estrutura elétrica do mundo de uma só vez. Todos os componentes eletrônicos - como computadores, smartphones, aviões ou carros - também seriam destruídos de uma só vez como resultado do choque eletromagnético, assim como as bobinas (pecaminosamente caras e, portanto, não reservadas) das usinas. Todas as usinas nucleares do mundo.

O Sunday Times informa que o British Met Office agora alerta os ministros do Reino Unido que o país não está preparado para tal choque. O relatório, preparado em colaboração com cientistas do British Antarctic Survey, do Rutherford Appleton Laboratory e da Universidade de Cambridge, exige um sistema de alerta antecipado, em vista dos enormes riscos para toda a infraestrutura.

Tal evento já ocorreu em 1859, quando uma enorme explosão solar dobrou a luminosidade de nossa estrela central por alguns minutos e a enorme radiação eletromagnética fez com que as linhas telegráficas ficassem sobrecarregadas, causando incêndios em toda a Europa. Um evento semelhante - embora de menor intensidade - em 1989 causou linhas de energia queimadas na província de Quebec, no Canadá.

Quanto mais forte for essa erupção solar, maiores partes do mundo serão diretamente afetadas - especialmente aquelas que enfrentam o sol. E então se torna crítico. Sem eletricidade, sem Internet e possivelmente espalhando radiação radioativa das usinas nucleares danificadas.