terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Estas são as previsões de Nostradamus para 2019

As profecias de Nostradamus se estendem até o próximo ano de 2019. As previsões estão centradas na justiça e desastres naturais , como terremotos e furacões em vários estados.


Segundo Nostradamus, 2019 não será um ano de prosperidade financeira, exigindo, portanto, risco e inovação para aumentar essa prosperidade. Embora não seja previsto para ser o ano da prosperidade financeira, o mercado de ações está previsto para se sair bem nos meses de verão.

Nostradamus também disse que seremos mais abertos em um nível social.

Do ponto de vista da saúde, Nostradamus prevê novos desenvolvimentos no campo e também informa que estamos conscientes de todos os problemas de saúde que temos.

Muitas pessoas acham essas previsões significativas porque Nostradamus já viu mais de setenta por cento de suas previsões cumpridas até o momento. Estes incluem o reinado de Napoleão, a Segunda Guerra Mundial, a ascensão de Hitler e o assassinato de JFK apenas para citar alguns.

Mais previsões de Nostradamus para 2019:

1) Muitos países europeus lidam com inundações de magnitude significativa

2) O terrorismo aumentará na Europa e nos Estados Unidos

3) A imigração, o terrorismo e a guerra serão o resultado do aumento do extremismo religioso no Oriente Médio

4) Líderes políticos chegarão a acordos sobre soluções para as mudanças climáticas

5) A 3ª Guerra Mundial acontecerá e consistirá de duas superpotências, com uma duração de aproximadamente vinte e sete anos.

6) Um terremoto gigante ocorrerá entre a Califórnia e a Ilha de Vancouver, no Canadá.

7) Humanos poderão falar com animais

8) A medicina terá um avanço significativo e aumentará consideravelmente a vida das pessoas, com novas estimativas de quanto tempo poderemos viver até 200 anos.

Nostradamus arriscou ser perseguido pela igreja católica quando previu o futuro para os próximos vinte séculos em seu tempo. Ele publicou muitas de suas profecias entre 1555 e 1557. Ele morreu pouco depois em 1566.