terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Médico japonês de 105 anos revelou 12 conselhos para viver bem: vale a pena conferir

Ainda não foi descoberto o segredo para a imortalidade, mas a verdade é que há muitas coisas que podemos fazer para viver o máximo de tempo possível – e mais importante, saudáveis e felizes.

O Dr. Shigeaki Hinohara, médico japonês que viveu até aos 105 anos, escreveu uma lista de bons hábitos em que acreditava pouco antes de morrer, em 2017, que o podem ajudar:

Considere apenas aquilo que merece a sua atenção. O stress é prejudicial para a o corpo e para o espírito, por isso procure evitar preocupar-se com coisas pouco importantes;

Inspire-se – na arte, na poesia, na música. Não deixe essas coisas de lado;

Não seja egoísta com o seu conhecimento. Partilhe com os outros tudo o que aprende, como se fosse um presente;

Planeie sempre as coisas para não ser apanhado de surpresa;

Desligue a mente da dor – deixe de se focar naquilo que o magoa e lhe suga as energias;

Não desvalorize as alegrias diárias. Cuide de si e dos outros à sua volta, aproveitando todos os momentos, por mais pequenos que sejam;

Não pare no primeiro “passo” – numa discussão, procure sempre ouvir versões diferentes para poder ser mais objetivo;

Coma de forma saudável e durma bem – a saúde é uma mercadoria preciosa e não deve ser desperdiçada;

Confie em si próprio. Ser humilde é diferente de não ter autoestima. Não peça ajuda à mínima dificuldade, tente resolver as coisas sozinho;

Não se afeiçoe ao dinheiro, pois ele foi feito para ser gasto. Portanto, não fique deprimido quando tiver os bolsos vazios;

Encontre um modelo de referência – rodeie-se de pessoas que considera melhores que você, e quando tiver dúvidas, aconselhe-se com elas;

Ame o que faz – se tiver um trabalho que gosta, não terá de trabalhar um único dia na sua vida.