terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Oferta de emprego: Nasa pagará até U$ 187.000 mil dólares para vaga de ''protetor da terra''

Ninguém pode negar que existem extraterrestres. E menos NASA Se há algumas semanas parecia que a NASA estava prestes a anunciar a vida extraterrestre, agora o governo dos EUA. 


Ele acaba de publicar uma nova oferta de emprego para a NASA que confirmaria a existência de vida extraterrestre.
E é que a NASA está procurando alguém para proteger o planeta dos marcianos. Como você lê Sua missão será proteger a Terra da poluição extraterrestre (e vice-versa).

A nova taxa, que é chamado Planetary Protection Officer, será a de impedir que os extraterrestres tragam micróbios para a Terra, e ao mesmo tempo evitar que os nossos germes se espalhem para outros planetas.

UM SALÁRIO ENTRE 124.000 E 187.000 DÓLARES

O escolhido será responsável pela implementação e supervisão das políticas de proteção planetária nas missões de voo espacial da NASA.

"A NASA mantém políticas de proteção planetária aplicáveis ​​a todas as missões de voo espacial que podem transportar planetas ou outros corpos dos organismos terrestres do sistema solar e componentes orgânicos", detalha a descrição da oferta de trabalho.

A descrição do cargo específico de que o novo cargo terá uma posição privilegiada no Escritório de Segurança e Missão para Prevenção Planetária.

Candidatos que aspiram a trabalhar devem ter formação acadêmica em matemática, ciências físicas ou engenharia relacionada a mecânica, dinâmica, eletrônica e propriedades de materiais.

UMA TAXA ESTIPULADA DESDE 1967

A NASA tem a obrigação de evitar a contaminação dos planetas externos que explora ou visita. Isto é ditado pelo Tratado do Espaço Exterior, um documento de 1967, que estabeleceu as bases da legislação que deveria ser aplicada fora do planeta Terra.

Além disso, este texto prevê também a exigência de impedir que os navios trazem elementos externos que danificam nosso planeta, incluindo, se necessário, os seres vivos, como já vimos em muitos filmes, mais recentemente em "Life (vida)".

Tenha em mente que esta posição é quase única no mundo. Apenas a Agência Espacial Europeia tem uma taxa semelhante. As demais entidades cobrem parcialmente essas responsabilidades.