quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Cruzadas realizadas na África levaram mais de um milhão de pessoas a Cristo

Mais de 1,2 milhão de pessoas entregaram suas vidas a Jesus Cristo durante as cruzadas realizadas em 2018 pelo ministério Cristo para Todas as Nações (CfAN) na África. Os números incluem eventos realizados pelo evangelista Daniel Kolenda nas cidades da Nigéria e da República do Congo. 

"Vimos centenas de milhares de pessoas entregarem suas vidas a Cristo em todo o mundo " , disse Kolenda. "Temos visto incríveis milagres de cura , o derramamento do Espírito Santo e acreditamos que isso é apenas o começo." 

De acordo com o relatório, apenas em Calabar (Nigéria), entre 15 e 18 de fevereiro, foram registradas 418.840 decisões de conversão ao cristianismo.. Em Ogbomosho (Nigéria), entre 22 e 25 de março, houve 603.670 decisões registradas . Em Brazzaville (República do Congo), de 9 a 12 de agosto, houve 201.670 conversões. 

Houve também cruzadas evangelísticas em Port Harcourt (Nigéria) entre 8 e 11 de novembro e Owerri (Nigéria) entre 6 e 9 de Dezembro, mas o número de pessoas que vieram para Cristo nesses lugares ainda não foi divulgado. 

"Muitas pessoas testemunharam que os tumores foram dissipadas, úlceras desapareceram e os membros feridos foram curados , " disse Sam Rodriguez, parte da liderança do NAFC, na Última Cruzada realizada em Owerri.

A CfaN foi fundada em 1974 pelo evangelista alemão Reinhard Bonnke, que celebrou sua despedida em novembro de 2017 em Lagos, na Nigéria. Na ocasião, 845 mil pessoas entregaram suas vidas a Cristo . Em um anúncio em sua página pessoal no Facebook, Bonnke disse que estava "passando a chama" para seu sucessor, Daniel Kolenda, que atualmente está no comando do ministério. 

Cristo para todas as nações é um pioneiro na evangelização em massa na África. Hoje, mais de 78 milhões de pessoas se renderam a Jesus em sua campanha de evangelização.