quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Pedofilo é pego abusando de criança na rua mas Juiz manda soltar por falta de provas

Um caso de abuso infantil provoca grande controvérsia em El Salvador após a decisão de um juiz,  que determinou libertar um homem que foi pego violando um menor no meio da via pública.


Este evento ocorreu em 30 de dezembro em uma rua na cidade de Santa Tecla, onde  Juan Carlos Quevedo Street,  45 , foi preso em flagrante pela polícia,  depois de ser descoberto por câmeras de vigilância , enquanto abusava de  uma criança 11 anos de idade,  que havia sido atraído pelo indivíduo através do engano.
"A criança manifesta agentes CAMST (Corpo de Municipal agentes Santa Tecla) que o assunto tinha prometido para apresentar-lhe cinco dólares para a criança poderia dar um presente de Natal para sua mãe, e quando sentiu que era uma armadilha foi quando o homem Ele levou pela força " , explicou o prefeito da cidade em suas redes sociais.

Após a sua captura, o homem foi acusado do crime de  "estupro de um menor incapaz" , no entanto, durante o seu processamento o terceiro juiz de Paz do município,  Laura Chamagua,  decidiu continuar a investigação com o acusado livre, conforme relatado pelo jornal Salvadorenho  La Prensa Gráfica .


Essa determinação foi feita porque o menor teria concordado com o local onde a violação foi cometida. Chamagua argumentou que o Ministério Público  "não poderia credenciar com provas o crime pelo qual o acusado está sendo julgado" , segundo um comunicado divulgado pelo  Centro Judiciário Integrado de Santa Tecla.


Isto apesar do fato de que o Procurador Geral da República (FGR)  apresentou como prova um vídeo de uma câmera de segurança que capturou o momento exato em que Quevedo assedia sexualmente a criança. Por enquanto, a investigação continuará com o réu sobre a liberação provisória.