segunda-feira, 4 de março de 2019

Apostolo Valdemiro é publicamente envergonhado por Deus através da TV

Com a seca que atingiu o Estado de São Paulo no Brasil em outubro, muitas medidas foram tomadas pelo governo, mas sem resultados duradouros. Várias cidades sofreram com a falta de água e não houve chuva suficiente para normalizar a situação naquele mês.


O Sistema Carareira, principal reservatório da região metropolitana de São Paulo, responsável pelo fornecimento de 6,5 milhões de habitantes, atingiu o mínimo histórico de 4,5%. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP) reconheceu que esta foi a "mais grave seca da história" do Estado. A previsão era de que a situação mudasse em novembro do mesmo ano.

Em um culto, o "apóstolo" Valdemiro Santiago decidiu profetizar sobre a situação. "Vai chover abundantemente no Estado este mês ... as barragens vão encher. Registre isso e lembre-se de mim ... Este país tem que saber que existe um profeta aqui! ", Enfatizou.

Então, ele perguntou aos presentes: "a chuva, que vem da igreja?", A resposta em uníssono foi "de Deus". Depois de dar testemunhos de outras secas que experimentou quando era jovem, Valdemiro pregou sobre "esperar em Deus". O texto que apareceu no vídeo durante a transmissão televisiva afirmou que outubro seria "O mês da Justiça de Deus".

Obviamente todos viram que em outubro as secas do Estado de San Pablo não terminaram, mas continuaram sendo mais marcantes. E, portanto, esse "apóstolo" se envergonhou de Deus porque suas "profecias" não foram cumpridas a esse respeito.

Aqui você pode ver a falsa profecia de Valdemiro: