domingo, 26 de maio de 2019

Donald Trump: "Nunca esqueça o poder da oração e a grandeza de Deus"

Cerca de cem pessoas, incluindo líderes cristãos e funcionários do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, celebraram o Dia Nacional de Oração na Casa Branca

Trump, enfatizando que há uma " tradição honesta de oração " nos Estados Unidos que "sempre sustentou e fortaleceu nossa confiança de que Deus continuará nos mantendo e nos acompanhando ”. Ele imediatamente pediu que "nunca se esqueça do poder da oração e da grandeza de nosso Criador ". 

Durante seu discurso, ele citou a passagem de Isaías 40:31 : "Aqueles que esperam no Senhor renovam as forças, subirão até com asas como águias, eles correrão e não se cansarão, eles caminharão e não se fatigam."

Para Trump, "a oração é a coisa mais poderosa que existe " e pode ser usada para acabar com a perseguição religiosa . Destacando seu compromisso com a defesa da liberdade de culto em todo o mundo , ele citou os recentes ataques de motivação religiosa tanto nos Estados Unidos quanto no exterior. Ele se lembrava especialmente dos judeus que compareceram ao tiroteio da sinagoga de Chabad, na Califórnia, e das três igrejas negras históricas, recentemente incendiadas na Louisiana. 

"Nós também choramos pelos cristãos mortos no Sri Lanka no domingo de Páscoa", disse ele. 

No fechamento, Trump disse que  colocou sua esperança nas mãos do Criador. A pastora Paula White, que lidera a iniciativa de fé que segue os líderes da nação, declarou a Casa Branca "solo sagrado" e repreendeu toda a ação do inimigo naquele lugar.