sexta-feira, 3 de maio de 2019

Em 40 anos, a humanidade exterminou 60% dos animais do planeta Terra

Nas últimas quatro décadas, muitas ações de seres humanos mataram mais da metade da vida selvagem e da fauna de todo o planeta . A segunda edição do Living Planet Index da World Wide Foundation (WWF) informou que mais de 60% dos mamíferos, répteis, aves e peixes morreram entre 1970 e 2014.


"É semelhante a eliminar toda a população da América do Norte, América do Sul, Europa, China e Oceania. Essa é a imensidão do impacto gerado pelo ser humano ", disse Mike Barret , diretor do WWF .

Nos últimos 40 anos, o maior golpe foi recebido pela América do Sul e América Central, uma vez que tiveram uma perda de 90% do reino animal.

Em 40 anos, a humanidade exterminou 60% dos animais do planeta Terra

Deve-se notar que uma das maiores ameaças à fauna e flora silvestres são atividades agrícolas . Um dos maiores mercados do planeta, desencadeado pelo consumo humano.

Acredita-se que até o ano 2050, apenas um décimo do mundo não será afetado pelo trabalho humano. Esta informação vem da Sociedade Zoológica de Londres, para a organização do WWF .

Em 40 anos, a humanidade exterminou 60% dos animais do planeta Terra
Uma das maiores ameaças à vida e à fauna nativa são as atividades agrícolas, é uma das maiores empresas impulsionadas pelo consumo da humanidade. O que se prevê é que até o ano de 2050, apenas um décimo do planeta estará fora do impacto nocivo do trabalho humano .

Neste local foi feito um cálculo da imensa queda da vida selvagem na Terra, para fazer parte de estudos de mais de 4.000 espécies de quase 17.000 mamíferos, peixes, anfíbios, répteis e aves.