quinta-feira, 20 de junho de 2019

Bebê urso que era acostumado a tirar fotos com turistas é baleado e morto

No início deste mês, no Scoggins Valley Park, Oregon, um filhote de urso foi baleado e morto depois que ficou muito acostumado a tirar selfies e comer alimentos deixados pelos turistas. Várias ligações foram feitas à polícia sobre o jovem urso preto posando para fotos com os visitantes e comendo comida humana no parque.

O urso não tinha mais medo dos humanos e se acostumara a eles. Quando der repente o Departamento do Xerife do Condado de Washington e os funcionários da vida selvagem do Departamento de Peixes de Oregon começaram a receber ligações sobre o urso ser tão próximo dos humanos. 

As ligações começaram no dia 4 de junho, mas os oficiais foram obrigados a intervir na semana passada depois que os visitantes foram encontrados deixando pilhas de comida para o animal comer.

O urso foi baleado depois de se acostumar a tirar selfies com turistas. 
No dia 11 de junho, terça-feira, vários policiais receberam relatos de que o urso de 100 quilos tinha atraído multidões de pessoas para a área de navegação do parque. O departamento do xerife twittou que eles estavam tentando remover o urso e levá-lo para um local mais seguro. Eles pediram ao público para ficar longe da área até que eles tivessem movido o animal.

O urso foi movido com sucesso para a floresta, no entanto, ele retornou no dia seguinte. Infelizmente, após o segundo encontro, o animal foi baleado e morto. Kurt License, um biólogo da vida selvagem, supostamente tentou prender e realocar o urso, que foi descoberto com pilhas de mistura de trilha, sementes e milho que as pessoas deixaram para ele.