domingo, 2 de junho de 2019

Homem que tinha uma pedra de 1,3 kg na bexiga diz que sobreviveu por milagre de Deus

Um homem agradeceu a Deus depois que os médicos retiraram uma pedra de 1,3 kg de sua bexiga e disse estar vivo por "milagre de Deus". 

O agricultor Manoel Ferreira da Silva, 51, passou incríveis 15 anos de sua vida sentindo dor causada por uma pedra formada por cálcio e sódio em sua bexiga. Ao longo desses anos, cresceu tanto que se tornou a maior pedra nos rins já removida de um ser humano no mundo, medindo 18 centímetros de tamanho e pesando 1,3 kg. 

Depois de não conseguir conter mais sua urina e começar a ter problemas em seus rins , além das fortes dores causadas pela pedra, Manoel foi operado,depois de procurar ajuda médica há pouco mais de uma semana. 

"Isso nunca aconteceu na minha cabeça, doeu muito, mas eu pensei que era pequeno " , disse o fazendeiro, que depois de ver o tamanho da pedra (chamado cálculo) removido de seu corpo, acredita que conseguiu sobreviver ao longo desses anos. por um milagre de Deus. 

"Foi um milagre de Deus, primeiro de Deus e depois do médico, nunca me faltou fé , até agora não, graças a Deus", disse Manoel. 

Segundo Everson Matt, diretor médico do Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, onde foi operado para retirar a pedra da bexiga de Manoel, esse é o maior cálculo já registrado em medicina.

"A segunda maior pedra do mundo foi registrada nos Estados Unidos, ela foi de 12 cm, mas apenas 700 gramas ", disse ele. 

O material coletado será agora investigado e Manoel provavelmente se tornará um estudo de caso. 

" A pedra removida é provavelmente composta de cálcio e sódio, e nós pediremos ao paciente para nos fornecer o cálculo a ser estudado e nos tornarmos assunto de um artigo científico", concluiu o médico.