segunda-feira, 15 de julho de 2019

Documento de pesquisadores finlandeses afirma que praticamente não existem evidências de mudanças climáticas provocadas pelo homem

Um documento não verificado de 6 páginas carregado em arXiv, escrito por pesquisadores na Finlândia, afirma ter encontrado “praticamente nenhuma evidência” para apoiar a ideia de mudança climática provocada pelo homem.

Deve-se notar que as afirmações ousadas são fortemente refutadas pela maioria dos outros cientistas e pelos estudos revisados ​​por pares que afirmam exatamente o oposto (isto é, que as atividades humanas são responsáveis ​​pela mudança climática).

RT relata: Em um artigo  publicado no final do mês passado, intitulado "Nenhuma evidência experimental para a mudança climática antropogênica significativa", uma equipe de cientistas da Universidade de Turku, na Finlândia determinou que os modelos climáticos atuais não levam em conta os efeitos da cobertura da nuvem global temperaturas, fazendo com que superestimem o impacto dos gases de efeito estufa gerados pelo homem.

Modelos usados ​​por órgãos oficiais como o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC)  “não podem computar corretamente o componente natural incluído na temperatura global observada”, disse  o estudo, acrescentando que “um forte feedback negativo das nuvens está faltando”  no estudo.  modelos.

Ajustando o fator de cobertura da nuvem e contabilizando as emissões de gases de efeito estufa, os pesquisadores descobriram que a humanidade simplesmente não está tendo muito efeito na temperatura da Terra.

“Se prestarmos atenção ao fato de que apenas uma pequena parte do aumento da concentração de CO2 é antropogênica, temos que reconhecer que a mudança climática antropogênica não existe na prática”.

Os autores do estudo fazem uma distinção clara entre o tipo de modelo preferido pelos cientistas climáticos no IPCC e evidências genuínas, afirmando que  "não consideramos os resultados computacionais como evidência experimental",  observando que os modelos muitas vezes produzem conclusões contraditórias.

Dadas as evidências apresentadas no estudo, a equipe finlandesa completou o trabalho concluindo que  “praticamente não temos mudanças climáticas antropogênicas”,  acrescentando que  “as nuvens baixas controlam principalmente a temperatura global”.

Atualização : Uma versão anterior deste artigo afirmou que um "estudo finlandês" não encontrou praticamente nenhuma evidência para apoiar a idéia de mudança climática provocada pelo homem. O “estudo” não foi um estudo revisado por pares, portanto, não há garantia quanto à sua confiabilidade. Também não é tecnicamente um estudo. Além disso, os cientistas convencionais não concordam com as alegações dos artigos e afirmam exatamente o contrário. Atualizamos nosso título e artigo para refletir esses fatos.