segunda-feira, 15 de julho de 2019

Nivea se recusa a fazer comerciais com casal gay

Contra as políticas das grandes empresas de beleza, a empresa Nivea, esteve envolvida em uma grande controvérsia quando se recusou a realizar uma campanha publicitária com dois homens de mãos dadas. 

A agência de publicidade FCB, que prestou serviços por mais de 100 anos para a empresa de cosméticos Nivea , decidiu encerrar sua relação comercial depois que a empresa não aceitou uma campanha publicitária , de acordo com informações da AdAge . 

Os criativos da FCB, um dos quais é gay, disseram que durante um telefonema com um representante da Nivea, cujo nome não foi revelado, ele disse: " Nós não fazemos coisas para gays ".

Os proprietários da marca Nivea, a Beiersdorf gigante, não confirmou esta afirmação, mas disse que o contrato com FCB foi cancelada e que a empresa vai iniciar um processo de uma nova estratégia corporativa e gestão de marcas. 

A empresa também afirmou que não é prejudicada e que não tolera qualquer tipo de discriminação. 

"Somos uma empresa internacional com mais de 20.000 funcionários sexos, etnias, orientações, fundos e personalidades muito diferentes em todo o mundo. Através de nossos produtos, nós chegar a milhões de consumidores em todo o mundo a cada dia. Nós conhecer e apreciar esta Individualidade e diversidade em todos os aspectos , traz inspiração e criatividade para nossa sociedade e para nós como empresa.Nenhuma forma de discriminação, direta ou indireta , é tolerada " , disse a empresa em comunicado, e 

depois que a informação foi divulgada, vários meios de comunicação em todo o mundo apresentaram a notícia como um caso de suposta" homofobia ". redes sociais, há muitas pessoas que defendem o direito à livre iniciativa .