segunda-feira, 19 de agosto de 2019

O núcleo da Terra é tão quente quanto o Sol, afirmam cientistas

Uma recente análise de raios X do ferro fundido descobriu que o núcleo interno da Terra é realmente muito mais quente do que todos pensávamos anteriormente. Segundo uma equipe de cientistas da agência francesa de pesquisa CEA, do Centro Nacional Francês de Pesquisa Científica CNRS e do Centro Europeu de Radiação Síncrotron ESRF, o núcleo interno da Terra é de 6.000 graus Celsius, ou 10.800 graus Fahrenheit.

Isso significa que o núcleo interno do planeta em que vivemos é tão quente quanto a superfície do sol. O núcleo da Terra é feito de ferro sólido e cristalino que é cercado por líquido. Isto é formado devido à enorme quantidade de pressão acumulada. No entanto, experimentos recentes mostraram que essa estrutura interna é formada em temperaturas muito mais altas.

Estimativas anteriores, que ocorreram nos anos 90, foram obtidas medindo as curvas de fusão do ferro, e isso colocou a temperatura central em 5.000 graus Celsius. No entanto, esta nova técnica utiliza difração de raios X rápida e permite aos pesquisadores examinar minúsculas amostras de ferro a imensas pressões para obter uma melhor percepção de como pequenos cristais de ferro se formam e se fundem.

No entanto, o verdadeiro desafio foi replicar as quantidades loucas de pressão que são experimentadas no núcleo interno da Terra, que são obviamente difíceis de replicar na superfície da Terra. No entanto, os cientistas conseguiram se aproximar, usando lasers de alta potência. As amostras de ferro foram colocadas sob alta pressão a partir de dois diamantes que prensaram o ferro e, em seguida, foram explodidas por lasers, que transformaram o ferro em líquido, onde os cientistas observaram o período de difração para chegar a um número final.

[ via BBC News]