quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Um homem pagou 110 mil dólares para matar um animal em extinção

O homem nascido nos Estados Unidos matou o animal na região do Himalaia . Sua foto causou muita controvérsia, tristeza e indignação nas redes sociais.

Seu nome é Bryan Kinsel Harlan , nascido no Texas, e está em destaque após matar uma cabra da montanha, da espécie Astor Makhor. Uma espécie bonita que infelizmente está em perigo de extinção .

Ao ouvir a notícia, também foram divulgadas informações de que o homem tinha que pagar 110 mil dólares às autoridades paquistanesas para poder caçar no Himalaia.

“ Foi um tiro simples e muito próximo. Tenho o prazer de obter esse troféu ” , disse o homem diante da mídia, totalmente orgulhoso do que fez. Ele também publicou uma foto com o animal em suas redes sociais, que é indigna de todo o mundo.

Ele também compartilhou um vídeo mostrando exatamente o momento em que ele mata a cabra, oficialmente considerado um animal do Paquistão.

O menos gerado nas redes sociais é a admiração, um forte debate rapidamente surgiu sobre a caça a esses animais em extinção . Deve-se notar que muitos paquistaneses reclamaram que a caça desse tipo de animal não é proibida.

O caçador não está interessado na opinião das pessoas. Quando entrevistado, revelo que viajo mais vezes a este país para caçar esses animais e sempre tiro uma foto com seus "troféus".