terça-feira, 14 de janeiro de 2020

NÃO acabou: o Irã promete cometer uma "vingança mais dura" EM BREVE

Um comandante militar iraniano prometeu mais ações contra os Estados Unidos, um dia depois de Teerã lançar mísseis em duas bases que abrigam tropas americanas no Iraque.

O comandante do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica (IRGC), Abdollah Araghi, disse que o Irã se vingará "mais duramente em breve", sem especificar o que isso pode acarretar, informou a agência de notícias Tasnim na quinta-feira.

Abdollah Araghi, comandante da Guarda Revolucionária Sênior, rejeitou as alegações de Donald Trump de que o Irã estava "parado". Em um relatório separado, Tasnim citou o vice-chefe da Guarda, Ali Fadavi, dizendo que ataques de mísseis iranianos a alvos americanos eram uma demonstração do poder militar iraniano e disse que as forças americanas "não poderiam fazer nada".

Antes, o presidente Hassan Rouhani disse que o objetivo final do Irã, em retaliação contra o assassinato do comandante da Força Quds, Qassem Soleimani, é a remoção completa das forças americanas da região.
Loading...