quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Taylor Swift se irrita com SOROS por investir em sua música "sem consentimento"

Em um discurso após sua aceitação do prêmio Billboard Mulher da Década na quinta-feira, Taylor Swift reacendeu sua disputa com o investidor Scooter Braun, que comprou a gravadora original de Swift - Big Machine Label Group - em um acordo de US $ 300 milhões no início deste verão.

“Depois que me foi negada a chance de comprar minha música, meu catálogo inteiro foi vendido para a Ithaca Holdings da Scooter Braun, em um acordo que me disseram que foi financiado pela família Soros , 23 Capital e pelo Carlyle Group. 

Isso aconteceu comigo sem a minha aprovação, consulta ou consentimento ” , disse ela, explodindo o “ mundo não regulamentado do private equity entrando e comprando nossa música como se fosse imóveis, como se fosse um aplicativo ou uma linha de calçados ”.
Loading...