sexta-feira, 3 de maio de 2019

Fim do faraó Maduro: Pastor profetiza que a liberdade da Venezuela virá de Deus

A situação é muito tensa nas últimas horas na Venezuela. Há uma batalha da mídia que gera descrença sobre a situação: o governo diz que tudo está sob controle e os grupos de oposição dizem que o governo de Maduro chegou ao fim.

A credibilidade do socialismo é atualmente quase nula, exceto para aqueles que, de alguma forma, se beneficiam do sistema atual. 

Imagens publicadas na internet mostram que os militares estão atirando contra as pessoas e veículos blindados passam sobre os manifestantes que se opõem a Maduro.

Pastor e conselheiro político Juan Carlos Calderón acredita que "as forças militares não são suficientes para tomar uma decisão sobre o governo. O movimento de Juan Guaidó é atraente para uma revolta popular que pode levar os militares a dar o passo decisivo para retomar o poder. "

No meio dos protestos, Calderón disse que ele tinha uma mensagem profética. "Tudo isso precisa acontecer. A libertação da Venezuela não vem da mão do homem, o próprio Deus decidirá a batalha ".

"Deus nos surpreenderá ... Para que todos tenham que reconhecer, não apenas na Venezuela ... o mundo inteiro reconhecerá que não seria possível a menos que Deus intervenha e ninguém tire a glória que pertence somente a Deus", disse Calderón.

O pastor venezuelano afirmou que "é hora de separar as emoções e ouvir o que Deus falou. Deus disse que não entregará a Venezuela a Satanás, porque há um pequeno remanescente que não dobrou os joelhos diante dos ídolos ".