quarta-feira, 3 de julho de 2019

Pastora das Assembleias de Deus comete suicídio por causa da depressão

Uma pastora brasileira da igreja Assembléias de Deus no Rio de Janeiro tomou a decisão fatal de tirar a própria vida, o que chocou a comunidade cristã da região . 


A mulher foi identificada como Maria Helena, que sucumbiu às pressões diárias e à depressão. A pastora se jogou da ponte Madureira, no Rio de Janeiro, perto da rodovia Novo Rio, segundo o Evangelho Mais. 

As pessoas que presenciaram o evento, filmaram o suicídio do pastor e compartilharam o vídeo nas redes sociais. Segundo informações do portal Pleno News, um missionário da denominação revelou que antes de saltar da ponte,as pessoas que passaram pelo site tentaram convencer María Helena a não pular. 

"Quando foi identificado por alguns conhecidos, muitas tentativas foram feitas para Maria Helena desistir de tirar a própria vida . Uma corda de oração humana começou a ser feita para sensibilizar o pastor e fazê-la desistir. Mas ela não desistiu, então ela percebeu que alguém viria resgatá-la, então ela pulou " , disse a missionária Edna Alves. 

Relatos dizem que o pastor sofria de depressão e vivia na Vila Kennedy, a oeste da capital do estado. "A depressão é muito grave e não escolhe classe social, crença, se a pessoa é bonita ou feia ... Precisamos levar isso mais a sério e realmente ajudá-los e não acreditar que é frescura ou bobagem! ", escreveu Rita Santos em uma publicação sobre o episódio.