domingo, 4 de agosto de 2019

Bispo afirma que existem gays porque suas mães ''praticavam sexo anal enquanto estavam grávidas''

"Acontece durante a relação sexual ou gravidez dos pais. Segue-se um ato sexual anormal entre os pais. Para ser mais claro, sexo anal."

Um bispo ortodoxo grego em Chipre ganhou reconhecimento e escárnio de usuários de mídia social em todo o mundo depois de fazer a ridícula alegação de que os homens são gays porque suas mães faziam sexo anal durante a gravidez - e gostavam disso.

A estranha afirmação, que o bispo da Igreja de Chipre Neophytos Masouras de Morphou fez numa escola primária na cidade de Akaki, no distrito de Nicósia, supostamente tem uma base em opiniões teológicas dentro da denominação ortodoxa oriental.

O bispo explicou :

“Acontece durante a relação sexual ou gravidez dos pais. Segue-se um ato sexual anormal entre os pais. Para ser mais claro, sexo anal.

[Saint Porfyrios] diz que quando a mulher gosta disso, um desejo nasce e então o desejo é passado para a criança ”.

O santo recém-criado, que morreu em 1991, era conhecido por ter alertado os homossexuais para que ficassem solteiros e passassem a vida sozinhos, rezando para que sua sexualidade fosse simplesmente embora.

Os comentários do bispo Masouras foram feitos em meio a uma série de  "encontros espirituais de diálogo" neste mês, segundo o grupo de direitos LGBTI cipriotas ACCEPT.

As reuniões são um fórum aberto onde os membros da audiência de todas as idades podem questionar o bispo sobre qualquer assunto.

Escusado será dizer que a ideia de que as mulheres grávidas que consideram o sexo anal prazeroso é um factor hereditário no início da descendência gay não tem qualquer base na ciência.

No entanto, os comentários do bispo refletem a atitude tristemente intolerante que a comunidade LGBTI cipriota é forçada a enfrentar diariamente.

Um vídeo da palestra do bispo, que foi capturado em junho, se tornou viral depois que foi publicado pela Accept LGBTI Cyprus junto com a legenda: “Como as lésbicas são criadas?”

Comentaristas gregos e cipriotas absolutamente se divertiram em zombar da alegação ridícula do bispo.

Um comentário traduzido para o inglês pelo Facebook dizia:

“Então, meu pai, se a mulher a tempo fizer oral, a criança se tornará dentista? Apenas uma pergunta meu pai !!!!! TENHA PIEDADE!!!!!!!!"

No entanto, outro comentarista defendeu o bispo, afirmando:

“O padre diz isso porque investigou e diz [isto] com a iluminação divina, ao contrário de você que julga sem ter a menor idéia”.

Ainda outro internauta bateu na unha na cabeça com o comentário sincero:

“O problema não é esse ignorante, o trágico problema é que existem milhares que acreditam nele.”