segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Pastor de renome das Assembléias de Deus é morto em tentativa de assalto

A comunidade evangélica no Brasil lamenta e lamenta a morte de outro pastor. Na terça-feira à noite (15), o pastor Nelsinei Badini Alvim, 47, foi morto em uma tentativa de assalto.

O pastor estava a caminho de casa na Rua Osvaldo Aranha, no bairro da Amendoeira, quando um grupo armado o surpreendeu e cercou seu carro.

Por razões desconhecidas, um dos criminosos atirou no pastor. O pastor Ney, como era conhecido, foi levado ao Hospital Estadual Alberto Torres, no bairro de Colubandê, em São Gonçalo. Segundo o endereço da unidade hospitalar, ele foi espancado e não resistiu.

O pastor Nelsinei Badini Alvim fazia parte do grupo de pastores da Igreja Evangélica das Assembléias de Deus, Ministério do Trono, no bairro de Boaçu.

A morte do pastor causou uma grande comoção e repercussão nas redes sociais no Brasil.

“O pastor Ney foi assaltado e, depois de levar tudo, o covarde atirou nas costas dele. Nossas condolências mais profundas à família e à igreja. Que Deus, o Espírito Santo, conforte a todos nós ”, disse um crente.

A polícia militar disse em um comunicado que um dos suspeitos de atirar no pastor é um adolescente que foi preso logo após o crime.

O corpo do pastor Ney foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Gonçalo. O funeral do pastor ocorreu na tarde de quarta-feira.