segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Papa Francisco disse que 'se arrepende' por 'adoração' a ídolo pagão

Um grupo internacional de católicos proeminentes exigiu que o Papa Francisco " se arrependesse publicamente " e emitiu um pedido de desculpas depois que ele desobedeceu flagrantemente o ensino bíblico e realizou um ritual pagão no terreno do Vaticano, que caracterizou o culto a uma deusa da fertilidade da Amazônia.

A petição, assinada por 100 clérigos, estudiosos e membros influentes da Igreja, exige que o Papa Francisco  "se arrependa em público e sem ambiguidade"  por participar do culto a Pachamama, uma deusa pagã da fertilidade, durante o Sínodo Amazônico no Vaticano no mês passado.

O grupo, parafraseando a Bíblia, ordenou que o Papa Francisco se arrependesse porque  "toda a participação em qualquer forma de veneração de ídolos é ... um pecado objetivamente grave que somente Deus pode julgar".

Um vídeo de uma cerimônia de 4 de outubro, realizada nos Jardins do Vaticano, mostra o Papa Francisco abençoando uma estátua do ídolo pagão nu antes de aceitar a deusa como um presente do clero amazônico.

Alguns dias depois, o Papa Francisco foi visto rezando em frente à estátua de Pachamama na Catedral de São Pedro e depois acompanhando-a em procissão até o sínodo.

O culto pagão causou alvoroço no mundo católico. Mais tarde, réplicas da estátua de Pachamama foram apreendidas de uma igreja perto da Basílica de São Pedro em Roma e jogadas no rio Tibre. O ato foi cometido por um homem que descreveu as estátuas como " falsos ídolos " que violavam os ensinamentos cristãos.

Em resposta ao incidente, Francisco pediu  “perdão às pessoas ofendidas por esse ato”, mas se recusou a se desculpar por degradar o papado, adorando falsos deuses, como explicitamente proibido na Bíblia.

Na terça-feira, Francisco emitiu uma mensagem enigmática alertando sobre os perigos do  "ciúme, inveja e rivalidade".

No que foi interpretado como uma repreensão a seus críticos, Francis disse:  “Quando você fala mal de alguém, você o destrói. A língua é uma arma assustadora - fofoca mata, calúnia mata, mas o ciúme e a inveja de um destruíram o outro.