quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Maduro ordena a criação da primeira universidade teológica evangélica na Venezuela

Durante uma reunião com o Movimento Cristão Evangélico da Venezuela, o presidente venezuelano Nicolás Maduro aprovou e ordenou a criação da primeira Universidade Teológica Evangélica do país.

Segundo o presidente venezuelano, o objetivo é integrar mais de 25 institutos teológicos do país para o desenvolvimento espiritual e social do país.
 
"Vamos abrir as portas da Venezuela para que evangélicos venham de toda a América", disse o chefe de Estado.

“Peço que transformemos a oração em ação e ação em resultados para o bem-estar social da Pátria de Bolívar; Eu acredito em Cristo Redentor, o Cristo dos povos, no Cristo antiimperialista, no Cristo do bem ”, disse Maduro.

O coordenador nacional da organização cristã evangélica, Moisés García , explicou que a proposta foi feita em 2010 e integra 25 centros de 37, localizados em todo o país.

Ele também disse que estava trabalhando no conteúdo curricular a ser implementado, como teologia e gestão popular, este último para contribuir para o gerenciamento local "junto com as comunidades para desenvolver o potencial do povo" .

Segundo o ministro da Educação Universitária, César Trompiz , existem mais de 50.000 graduados no país e cerca de 5.000 estudantes em todos os institutos de teologia.

"Se todos os institutos forem integrados, será dado reconhecimento àqueles que já foram integrados, mas seria uma maneira de dar profissionalização", afirmou.

Apoio à igreja evangélica

A reunião foi realizada no círculo militar de Caracas. Além disso, foi assinado um decreto para celebrar o "Dia Nacional do Pastor" todo 15 de janeiro de cada ano.

"Vamos preparar uma bela festa para 15 de janeiro, celebraremos juntos ", afirmou o presidente nacional.

“Pátria, comunidade e família, humanidade em suma! Eu sou um cristão de Cristo. Todo dia que passa eu acredito mais e tenho mais fé em Deus ... porque ele me acompanha, me abraça, me protege ”, disse o chefe de Estado.

Maduro também ordenou expandir o programa de atenção das igrejas evangélicas e católicas como "centros de encontro do povo de Deus" .

O Presidente disse que o ano de 2020 será de progresso, recuperação, prosperidade, amor e felicidade; "Hoje posso dizer, graças a Deus, o teste passou, a Venezuela está em paz, está unida e olhando para o futuro . "

Ele chamou para concentrar a oração para 2020 e dizer a Deus: "Traga-nos suas bênçãos e que o próximo ano seja para o nosso povo de felicidade, progresso e recuperação definitiva" .

Loading...