sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Pedófilo diz que 'se identifica' como menina de 8 anos de idade para se defender de acusações

Um pedófilo que foi flagrado com imagens de crianças vítimas de abuso s3xual diz que, porque "se identifica" como uma menina de 8 anos de idade.

Nos últimos anos, esquerdistas têm defendido pessoas que afirmam se identificar como um gênero que não foram designadas no nascimento. Os esquerdistas ilusórios acreditam que o sexo de uma pessoa NÃO é determinado pela anatomia biológica ... é simplesmente um "desejo" que pode ser alterado a qualquer momento.

Isso significa que eles aceitarão a alegação de Joseph Gobrick, 45, que não apenas diz que é mulher, mas também uma mulher muito jovem?

Felizmente, o juiz Paul Denenfeld em Grand Rapids, Michigan, não aceitou as alegações doentias e distorcidas de Gobrick.

O pedófilo de meia-idade foi condenado a até 20 anos de prisão nesta semana.

Mais sobre esse idiota:

Na sentença, Gobrick disse ao juiz: 'Eu sempre fui uma garota de oito anos. E mesmo nos meus desenhos e fantasias, eu sempre sou uma menina de oito anos.

Gobrick atuou como seu próprio advogado e falou abertamente sobre seus esboços e conversas perturbadoras enquanto estava na prisão, mas isso não ajudou em seu caso. Em vez disso, os promotores o chamaram de "um perigo para o público".

O promotor assistente Daniel Helmer disse: 'Mesmo durante o julgamento, o réu continuou a desenhar, falando sobre estuprar bebês na cadeia do condado de Kent e fazendo outras declarações sobre como esse é seu direito constitucional de continuar fazendo isso'.

Gobrick, um criminoso sexual condenado de Nova York, foi preso em 2018 depois que uma menina de 17 anos desaparecida de Ohio foi encontrada em sua casa. Durante uma investigação policial, inúmeras imagens de abuso sexual infantil foram encontradas no computador de Gobrick. Algumas das imagens mostravam bebês sendo agredidos sexualmente, de acordo com registros do tribunal.

Isso é absolutamente ruim e repugnante, e é uma prova de sua doença mental que ele acredita que essa era uma defesa defensável. Ele recebeu de 10 a 20 anos de prisão, e provavelmente é melhor se ele cumprir esse período completo e for monitorado pelo resto da vida.


Loading...