segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Número de evangélicos ultrapassará católicos no Brasil em 2032

O número de evangélicos deve exceder pela primeira vez o número total de católicos no Brasil desde 2032, quando o número absoluto de seguidores de cada uma das duas religiões deve ficar em torno de 90 milhões .

De acordo com os últimos números oficiais, existem aproximadamente 22 milhões de evangélicos (22% do total) em comparação com 125 milhões de seguidores do catolicismo (64%).



Os números são encontrados em estudo do demógrafo José Eustáquio Alves, professor aposentado da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE.

Segundo o especialista,O número de brasileiros que aderem à religião evangélica cresceu em média 0,8% ao ano desde 2010 , enquanto o número de católicos diminuiu 1,2% no mesmo período. Com isso, a progressão geométrica sugere que cada uma das duas religiões corresponde a aproximadamente 40% da população em 2032 . Se a curva permanecer, a partir desse ano, os evangélicos devem se tornar a maioria no país.

"Vivemos uma transição religiosa nos últimos anos", diz Eustáquio Alves, que estende sua avaliação a todos os países da América Latina.

No entanto, a mudança mais emblemática da situação religiosa no Brasil deve ser confirmada em 2022, quando se espera que os católicos representem, pela primeira vez, menos de 50% da população.

Para o pesquisador, os resultados das últimas eleições gerais, que aumentaram a presença de evangélicos no Congresso , são o reflexo mais direto desse fenômeno no Brasil.

Segundo Alves, nos Estados Unidos, onde existe a maior população absoluta de evangélicos do mundo , o fenômeno é diferente. "Quem se declara sem religião é quem mais cresce lá", diz o pesquisador.


Loading...