segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Rabinos de Israel afirmam que a vinda do "Messias" está próxima

Enquanto os evangélicos apontam para um iminente seqüestro da Igreja, os rabinos influentes de Jerusalém acreditam que a chegada do Messias judaico está muito próxima, especialmente diante do cenário político de Israel.


Para o rabino Shlomo Moshe Amar, a incerteza política que surgiu naquele país, forçando a convocação para uma terceira eleição, pode ser um sinal de que o Messias está a caminho, disse a comunidade judaica em um discurso.



"Quero dizer coisas que machucam e machucam muito", disse o rabino, segundo o Breaking Israel News. "E eu tenho certeza que isso não machuca você, assim como a maioria das pessoas em Israel."

O discurso ocorreu na cerimônia em um evento em memória do rabino Israel Abuchatzira, diante de uma platéia de mais de 100.000 pessoas, na cidade de Netivot.

"Quem sabe o que Deus está nos preparando, quem sabe se o Messias ainda não está a caminho", disse o rabino depois de comentar sobre a situação política e as incertezas do governo israelense.

Além disso, ele compartilhou que essa ideia do retorno do Messias também se reflete nas últimas decisões do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

"Veja o que o presidente dos EUA, Trump, está fazendo, coisas com as quais nunca sonhamos, mesmo em nossos melhores sonhos", disse ele.

Para o influente rabino, tudo é uma questão de preparação para o retorno do Messias judeu, que já estaria prestes a agir em Israel.

“Isso é impossível de ignorar. Como podem ser essas coisas, se não em preparação para a vinda do Messias? Ele perguntou.

Este é o pensamento compartilhado pelo rabino Chaim Kanievsky, outro líder influente em Israel. Ele afirma que o Messias já está "parado nos portões", prestes a aparecer em Jerusalém.


Loading...