sexta-feira, 6 de março de 2020

Coronavirus: Trump pede rapidez na criação de vacina

Gigantes como Johnson & Johnson, Moderna e Gilead Sciences estão em processo de desenvolvimento da vacina

Nesta segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu que as empresas farmacêuticas acelerem a elaboração de uma vacina para a doença Covid-19, que já causou mais de 3 mil mortes desde o início da epidemia de coronavírus na China.



– Pedimos para que acelerem o que quer que estejam fazendo em termos de uma vacina – disse Trump.

Segundo autoridades do Departamento de Saúde dos EUA, a vacina poderia ser desenvolvida em 18 meses. Porém, o presidente se limitou a dizer que as empresas farmacêuticas estão “se mexendo muito rápido”.

– Estamos falando de uma vacina, talvez uma cura seja possível. Vamos ver o que acontece. Mas estamos falando de uma vacina, e eles estão se mexendo muito rápido, todas as empresas farmacêuticas – comentou.

Trump voltou à falar brevemente com a imprensa no Salão Oval, no início de uma reunião com o presidente da Colômbia, Iván Duque.

O presidente americano disse que os profissionais dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), encarregados de combater o vírus nos Estados Unidos, estão fazendo um “trabalho incrível”.

– Nós também estamos trabalhando com outros países para ajudá-los, porque eles têm medo do desconhecido. Estamos trabalhando muito com outros países, incluindo a Colômbia – frisou.

Trump tem uma reunião marcada com empresas farmacêuticas americanas às 15h (hora local; 17h em Brasília). Não foram divulgados os nomes das empresas que participarão do encontro.

Gigantes como Johnson & Johnson, Moderna e Gilead Sciences estão em processo de criação de uma vacina para combater a nova epidemia de coronavírus, mas a pesquisa ainda segue em estágio inicial.

*Com informações da Agência EFE
Loading...