segunda-feira, 2 de março de 2020

Lavar a louça ajuda a reduzir o stresse e a concentrar-se em si mesmo, afirma estudo

As tarefas domésticas são uma coisa séria, mas nem todos gostam de sacrificar o seu tempo para arrumar e limpar a casa. No entanto, é o espaço onde você mora, onde você volta todos os dias para se encontrar com o seu parceiro ou família, e portanto, merece ser arrumada.

Entre as várias tarefas domésticas, talvez, a mais odiada seja lavar a louça, especialmente se o momento fatídico vier imediatamente após o jantar.



A novidade, no entanto, é que lavar a louça pode ajudar a reduzir o stresse. O estudo que confirma essa teoria se concentra em uma técnica de meditação da atenção plena e mostrou como uma ação simples de nossa vida quotidiana pode ser um momento essencial para nós mesmos.

Os investigadores que conduziram o estudo fizeram com que 51 alunos lavassem a louça: metade deles leu pela primeira vez uma passagem sobre a importância da experiência “meditativa” que eles teriam feito logo depois, enquanto os restantes tinham lido um texto que simplesmente explicava como melhorar a técnica de lavar louça. No final, todos os alunos tiveram que responder a algumas perguntas sobre o momento que tinham acabado de viver.

A passagem focada na meditação dizia o seguinte:

“Enquanto lava a louça, a única coisa que você precisa fazer é simplesmente lavar a louça. Isso significa que, durante esse processo, você deve estar ciente do fato de estar lavando a louça. À primeira vista, tudo isso pode parecer um pouco idiota. Por que colocar tanta ênfase em uma coisa tão simples? Mas esse é o ponto. O fato de estar lá lavando a louça é uma realidade maravilhosa. Eu posso ser completamente eu mesmo, seguir minha respiração, consciente da minha presença e consciente dos meus pensamentos e ações. Não há como eu ser jogado de um lado para o outro, como uma garrafa flutuando aqui e ali nas ondas.”

Os resultados mostraram que aqueles que foram convidados a viver uma experiência mais intensa, ou uma experiência de meditação consciente enquanto lavavam a louça, tiveram um aumento nas sensações positivas e uma redução de 27% no stresse.

O autor do estudo, Adam Hanley, disse: “Eu estava particularmente interessado em como as atividades diárias mais chatas da nossa vida poderiam ser usadas para promover um estado de consciência e, portanto, aumentar a sensação geral de bem-estar”.

Certamente foi um estudo muito pequeno, com apenas 51 alunos analisados – um estudo que, portanto, deve ser replicado. De qualquer forma, os investigadores sugerem que, através de uma variedade de atividades comuns, é possível alcançar um estado de consciência e uma importante redução do stresse, com a consequente melhoria do bem-estar psicológico.
Loading...