segunda-feira, 2 de março de 2020

Não importa o cargo que tem, seja sempre humilde e gentil. A educação não se mede com o salário.

Você não é o trabalho que faz, mas a educação que demonstra – palavras que devemos sempre ter em mente, independentemente do nosso papel dentro de uma empresa.

Se algumas pessoas são levadas a acreditar que seu valor é dado, sobretudo, pelo trabalho que realizam e, portanto, pelo seu status social, é porque a sociedade de hoje nos faz acreditar nisso. Não é de se admirar, portanto, que aqueles que desempenham um papel de alto nível tendem a sentir-se acima da média.



Ainda assim, o status social não deve afetar nem um pouco o tipo de educação recebida. A inteligência real e o valor real de uma pessoa emergem, então, durante as interações com os outros, não importa quantos dígitos estejam no saldo da sua conta bancária.

Uma pessoa capaz de manter uma posição importante quase certamente será tratada com respeito, é verdade, mas não deve ser assim por causa do medo que gera nos demais – o respeito é obtido mostrando-o aos outros, sendo humilde e tratando alguém com bondade. Você pode ser o chefe de uma empresa e ser desaprovado por causa da sua atitude miserável, egocêntrica e desrespeitosa.



Quem se aproxima do orgulho prejudica não apenas os outros, mas também a si mesmo. Essa atitude só pode gerar desigualdade e ressentimento entre as pessoas ao nosso redor e provocar uma sensação de profunda solidão naqueles que continuam a se comportar dessa maneira.

Não importa qual é o seu trabalho e se você finalmente conseguiu alcançar o sucesso merecido (neste caso, parabéns), o que importa é como você se comporta com os outros. Você verá que, se você conseguiu fazer uma carreira de sucesso, não será apenas pelas suas habilidades extraordinárias de trabalho, mas também por sua educação e bondade.

Não sinta que você é a centro do mundo e trate todos com o respeito que eles merecem.
Loading...